Archives

Geral

Existe um provérbio em latim que afirma que aquilo que me alimenta, me destrói. É uma das ironias da vida, não?

A experiência, o instinto, a percepção. Tudo faz sentido cedo ou tarde. E tudo é finito, tudo acaba. A sabedoria está em enfrentar a realidade e saber aproveitar o inevitável.

O mais importante é saber dosar. Equilibrar o ônus e o bônus. Não negar o quê e como somos. Aceitar que erramos e abusamos. E perceber que a vida dá e cobra na mesma proporção, instigando a reflexão, ensinando a lição, oferecendo evolução.

Geral

Chega o inverno e com ele o frio. Condição inevitável da natureza, pode-se mostrar necessário e até belo. As flores entram em luto, para renascerem depois, no tempo certo. O ar esfria, para equilibrar o poder incessante do sol. A vida desacelera, para refletir sobre suas prioridades.

O mundo funciona de maneira cíclica, e a renovação acontece, a seu tempo. O mais importante é confiar. Na natureza, no destino, na vida.

Geral

O mundo gira, as coisas mudam, se transformam, buscando sempre um equilíbrio – ainda que constantemente mal compreendido pela raça humana. Quando algo acaba, imediatamente outro começa. A natureza é sábia.

Na chuva, o mais importante é contemplar o momento, respeitar sua força. Admirar a grandiosidade do fenômeno, a abundância de elementos, a inevitabilidade dos processos que movem o mundo.

Palmas para o fim e para o início de um ciclo.

Geral

Passado, presente e futuro. Três momentos que parecem independentes, mas que são, acima de tudo, conectados. O presente é o passado do futuro, e o futuro não existe sem presente. Dito assim, parece óbvio ou ligeiramente confuso, mas a vida é feita desse jogo de instantes, do qual as escolhas de cada um dependem, e no qual elas inevitavelmente interferem.

Em relação às decisões da vida, o mais importante é o desapego. Principalmente ao passado. O que já foi vira experiência, vira vivência, vira história. E especialmente quando falamos em seguir em frente, não existe outra solução se não usar o presente para deixar que o passado cumpra seu dever de ter existido, abrindo espaço para que o futuro chegue e tome conta da história, tornando-se um presente.

Cinema

Pode uma canção salvar sua vida?

De forma singela, o filme apresenta seus personagens desolados, desanimados com a condição em que se encontram, desacreditados pela vida e em uma Nova York sem glamour, mas verdadeiramente charmosa. Aos poucos, o espectador descobre os caminhos que levaram cada um deles aos desafios que se apresentam, sempre embalados por tocantes canções. O destino de cada um passa a ser desenhado através de escolhas triviais mas de grande significância. O desfecho presenteia os mais pessimistas com uma injeção de esperança.

Em Mesmo Se Nada Der Certo (Begin Again), o mais importante é a sinceridade com que toda a história se desenrola e com a qual os personagens levam suas trajetórias de vida, usando de uma simples mas difícil transparência de sentimentos em meio à selva de interesses e superficialidades que vivemos hoje.

Geral

Crescimento pressupõe mudança. Mudança física ou de ideias. Engloba a noção de início, meio e fim. De evolução. Evolução demanda tempo. Tempo está sempre em movimento. Movimento cria ciclos. Ciclos definem importância. O mais importante é o movimento. Nunca estar parado.

Fotografia

Já disse Ramón de Campoamor y Campoosorio, “A beleza das coisas está nos olhos de quem vê.”

Mas a natureza é tão obviamente, escandalosamente, exuberantemente bela, que é impossível encontrar quem nunca observou uma de suas cenas magistrais de delicadeza, renascimento e evolução e não tenha achado no mínimo interessante.

Cores, formas e texturas enriquecem a maravilha que a flora, em sua essência, é: bela.

Na natureza das flores, o mais importante é abraçar. Se deixar envolver por sua grandiosa poesia, delineada com valentes palavras ao som de suaves melodias.

Viagem

Dos mesmos criadores do Central Park (isso mesmo, os dois parques foram projetados e construídos “artificialmente”), o Prospect Park, no Brooklyn, é um show à parte para quem se arrisca a conhecer mais do que Manhattan em uma viagem a Nova York.

Não tão grande quanto seu irmão mais velho, pode ser mais agradável de se visitar, especialmente na Primavera, quando os extensos gramados ficam repletos de árvores floridas e visitantes em busca de um lugar ao sol (sem trocadilhos).

Com espaços reservados a esportes, atividades educacionais, concertos ao ar livre e o único lago do Brooklyn, o mais importante do parque é a atmosfera. Um elegante bosque que convida os mais ativos a uma atividade física cercados pela natureza, e os mais tranquilos ao relaxamento e descanso à sombra de uma bela árvore.

Para conhecer mais do Prospect Park: www.prospectpark.org

Geral

“Beleza sem simplicidade não é beleza, é apenas aparência.”Marcelle Melo

A natureza é o local mais perfeito para perceber a grandeza da simplicidade. Formas simples e ao mesmo tempo complicadas. Combinações óbvias e ao mesmo tempo excêntricas. Cores complementares e ao mesmo tempo contrastantes. Nada é imperfeito na flora.

Um jardim pode ser um mar de sensações, um oásis de felicidade, uma extraordinária poesia. Na natureza, o mais importante é admirar. A magnitude de linhas suaves, o poder de perfumes despretensiosos. A verdadeira, e simples, beleza.

Arte

O teatro tem o poder de interagir com sua audiência, provocando sensações instantâneas e realizando uma troca constante com o público.

Recentemente vi uma peça, Suculento e Selvagem, do Grupo Artesão. Trata-se de uma livre adaptação do espetáculo americano Juicy and Delicious, da escritora Lucy Alibar, e que mais tarde virou o filme Beasts of the Southern Wild.

Na história, a menina Hushpuppy enfrenta o medo e a confusão de perder seu pai, que está doente, levando ao espectador um belo conto de perda, sobrevivência e auto-descoberta.

A direção e as atuações de todos os atores são pontos fortes dessa montagem. Mas em Suculento e Selvagem, o mais importante é a sensibilidade. A rica forma como a personagem principal enxerga o mundo, e a tocante maneira como isso é representado. A peça oferece a quem assiste uma bela reflexão, com humor e principalmente emoção.

 

O Grupo Artesão apresenta a peça amanhã, sábado dia 22 de fevereiro, às 20:00h, no Conservatório Carlos Gomes, em Campinas, S.P. Ingressos com

 

Serviço:

Fan Page de Suculento e Selvagem: www.facebook.com/suculentoeselvagem