O mais importante é a sensibilidade

1

O teatro tem o poder de interagir com sua audiência, provocando sensações instantâneas e realizando uma troca constante com o público.

Recentemente vi uma peça, Suculento e Selvagem, do Grupo Artesão. Trata-se de uma livre adaptação do espetáculo americano Juicy and Delicious, da escritora Lucy Alibar, e que mais tarde virou o filme Beasts of the Southern Wild.

Na história, a menina Hushpuppy enfrenta o medo e a confusão de perder seu pai, que está doente, levando ao espectador um belo conto de perda, sobrevivência e auto-descoberta.

A direção e as atuações de todos os atores são pontos fortes dessa montagem. Mas em Suculento e Selvagem, o mais importante é a sensibilidade. A rica forma como a personagem principal enxerga o mundo, e a tocante maneira como isso é representado. A peça oferece a quem assiste uma bela reflexão, com humor e principalmente emoção.

 

O Grupo Artesão apresenta a peça amanhã, sábado dia 22 de fevereiro, às 20:00h, no Conservatório Carlos Gomes, em Campinas, S.P. Ingressos com

 

Serviço:

Fan Page de Suculento e Selvagem: www.facebook.com/suculentoeselvagem

Related Posts

One Reply to “O mais importante é a sensibilidade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Todos os direitos reservados ao autor | Brasil, 2019
Proudly powered by WordPress | Theme: Shree Clean by Canyon Themes.