Archives

Culinária

Cozinhar é para quem talento. Será?

Existe arte na culinária, mas existe principalmente paciência, empenho, equilíbrio e estratégia. É preciso saber a ordem das coisas, ter vontade de ver o prato pronto, sem pressa de terminar mas com controle do tempo.

Ao cozinhar, é imprescindível a atenção aos ingredientes, ao tempo, aos detalhes de preparo e ao capricho da arrumação. Mas o mais importante é quem vai comer, afinal de que adianta um prato bonito e cheiroso se ninguém pode dizer que é gostoso?

Cinema

Em Interestelar (Interestellar), longa-metragem de Christopher Nolan, várias questões são colocadas e exploradas. E muitos espectadores, após assistirem, continuam com algumas delas na cabeça. Respondidas ou não.

Ao assistir ao filme, é preciso controlar o ceticismo, aceitar uma dose de imaginação, e se comprometer com a história contada para desfrutar de uma viagem pelo universo dos personagens. (leia-se essa última parte da frase “literalmente”).

O longa é longo, complicado, mas extremamente belo. Em todos os sentidos.

Teorias científicas à parte, a narrativa, as interpretações e a edição dão conta de um filme interessante e muito bem feito.

Em Interestelar, o mais importante é o filme. O próprio. Em si. Imperdível para os amantes da sétima arte.

Viagem

Ao entrar na exposição “The Art Of The Brick”, do artista contemporâneo americano Nathan Sawaya, o visitante se depara com recriações de grandes obras de Da Vinci, Van Gogh e Munch, e ao primeiro olhar as obras já encantam. Impressionam pelo fato de se assemelharem muito com as originais, apesar de serem construídas apenas com peças de Lego.

A seguir, Sawaya brinca com diversos períodos da história da arte, com construções planas ou tridimensionais, respeitando as principais características de cada artista.

Por fim, apresenta obras próprias, que discutem filosofia e metalinguagem, com peças criando ilusões de ótica, texturas e movimento de forma muito particular.

Em “The Art Of The Brick” o mais importante é a magia, capaz de, à distância, transformar os ângulos retos das peças em curvas, e enganar a percepção do olho humano, que sai acreditando ter visto detalhes teoricamente impossíveis de serem reproduzidos com tijolos de brinquedo.

Arte

O teatro tem o poder de interagir com sua audiência, provocando sensações instantâneas e realizando uma troca constante com o público.

Recentemente vi uma peça, Suculento e Selvagem, do Grupo Artesão. Trata-se de uma livre adaptação do espetáculo americano Juicy and Delicious, da escritora Lucy Alibar, e que mais tarde virou o filme Beasts of the Southern Wild.

Na história, a menina Hushpuppy enfrenta o medo e a confusão de perder seu pai, que está doente, levando ao espectador um belo conto de perda, sobrevivência e auto-descoberta.

A direção e as atuações de todos os atores são pontos fortes dessa montagem. Mas em Suculento e Selvagem, o mais importante é a sensibilidade. A rica forma como a personagem principal enxerga o mundo, e a tocante maneira como isso é representado. A peça oferece a quem assiste uma bela reflexão, com humor e principalmente emoção.

 

O Grupo Artesão apresenta a peça amanhã, sábado dia 22 de fevereiro, às 20:00h, no Conservatório Carlos Gomes, em Campinas, S.P. Ingressos com

 

Serviço:

Fan Page de Suculento e Selvagem: www.facebook.com/suculentoeselvagem

Viagem

Ir a Nova York e não assistir a pelo menos um musical da Broadway é considerado um desacatado à cidade. Conhecida mundialmente por seus famosos espetáculos, a região da Broadway é lugar obrigatório para quem aprecia arte, música e teatro.

Mas já ouvi algumas pessoas criticando musicais, por achá-los aquém do esperado. Bom, é sabido que grandes expectativas geram grandes desilusões, mas não acredito que esse seja o caso. Mesmo assim, existem alguns segredos, que acredito serem fundamentais para um bom espetáculo.

Em primeiro lugar, comprar os tickets pela internet ou diretamente na bilheteria é a forma mais fácil, mas a menos econômica; a dica é chegar cedo a um dos pontos-de-venda da TKTS, um fundo de apoio ao desenvolvimento do teatro de lá (existe um em South Street Seaport, um embaixo da escadaria vermelha da Times Square, e um no Brooklyn), e comprar ingressos com até 50% de desconto – claro que não são todos os shows que ficam disponíveis todos os dias, e deve-se levar em consideração um tempo na fila, mas em geral é possível conseguir poltronas bem localizadas e próximas ao palco. Em segundo lugar, se você não é fã de teatro ou não entende bem a língua inglesa, opte por espetáculos mais conhecidos, assim conseguirá acompanhar melhor a história. E em terceiro lugar, uma boa companhia pode fazer a diferença.

Mas o mais importante é se envolver. Se deixar conquistar pelas músicas – sempre o ponto forte das apresentações, uma vez que a orquestra toca ao vivo – e se entregar ao humor, romance ou suspense da história contada.

Intimistas ou grandiosos, os musicais da Broadway sempre despertam no espectador a magia do teatro, embalada pela melodia da trilha musical. Um programa que vale o investimento.

 

Serviço:

Tkts http://tkts.com/TDF_ServicePage.aspx?id=56

Broadway http://www.broadway.com

Geral

 

Muitas ideias na cabeça. Frases soltas na memória. Paixões a serem compartilhadas. Assim nasce o blog O mais importante.

Com a quantidade de informações, deveres e vontades que temos hoje em dia, é cada vez mais difícil decidir quais devem ser nossas prioridades, como aproveitar melhor nossas atividades, ou qual é o “pulo do gato” na hora de tomar decisões simples na vida.

Esse blog surge do desejo de conhecer novidades, da vontade de escrever, e da necessidade de produzir conteúdo diferenciado ao público apaixonado por artes, culinária, viagens, inovação e bom humor. A proposta é fazer uma breve análise, tentando identificar qual é o segredo escondido em cada caso.

Não pretendo ajudar a organizar a vida do leitor, mas mostrar o que pode ser mais importante em cada aspecto do cotidiano, em cada lugar visitado, em cada refeição feita, em cada situação engraçada.

Espero que esse espaço seja um veículo de textos interessantes, opiniões relevantes e ânimo ao leitor.

Boa leitura. E obrigado desde já. :)